Diário de Campanha

Dungeons & Dragons - Forgotten Realms 3.5 - São Paulo / SP / Brasil

Aqui está e será publicado todo o meu trabalho como Dungeon Master. A campanha data do início de 2007, onde os seis meses iniciais foram necessários para a criação da estória (história) chamada “Cofre dos Deuses”, composta das crônicas:

“Casa de Prata”; com localização inicial em Lua Argêntea.
“Legiões de Tamoril”; na Cidadela de Tamoril.
“Serpente Branca”; na cidade de Águas Profundas.
“Vingança em Prata”; localizada na cidade de Luskan.

Criei apenas um esboço com fatos importantes, algumas dezenas de Personagens do Mestre e as chaves que poderiam desenvolver a aventura. Tentei tratar as crônicas como estórias relacionadas, porém não lineares, dando aos jogadores a opção de escolher qual delas fazer ou não.

Dungeon Master

2 de mai de 2011

Personagens: Tribo Uthgardt Lobo Cinza (Dungeon Master)

.
O Lobo Cinza


"Uma das tribos de origem Uthgardt, e uma dentre as quatro que habitam as Fronteiras Prateadas.

Todos os membros desta tribo sofrem da licantropia (lobisomem). A lenda diz que a maldição é o resultado da tola decisão em proteger refugiados vindos da cidade perdida de Gauntlgrym, porém hoje a tribo acredita mais na hipótese de uma verdadeira bênção concedida pelo totem do Lobo Cinza. Mais bestial que humana, a selvageria é um modo de vida entre os Lobos Cinzas.


Ao contrário dos outros licantropos nativos das Fronteiras Prateadas, como o Povo do Sangue Negro, os Lobos Cinzas não são associados a Malar. Na verdade, a tribo vê os outros lincantropos como abominações aos olhos de Uthgar." - Texto extraído do Livro "Fronteiras Prateadas" pag. 95

A tribo vive como uma grande alcatéia, que além de uma hierarquia fundamentada na força, possui um sistema de divisão em castas baseada na cor da pelagem de seus membros. São três as pelagens que formam a tribo, os cinzas que são 50% da população, os brancos 10% e os de pelagem negra que formam 40% do grupo.


Alcatéia é a estrutura familiar dos lobos. Nesses grupos há uma hierarquia rígida formada por um casal dominante chamado de alfa, outro casal chamado beta, lobos subordinados (filhotes) e no ponto mais baixo um lobo ômega.

ALPHA: O alfa é quem toma as decisões, é sempre o macho quem decide onde dormir, caçar e determina quem vai alimentar-se primeiro. Sua companheira comanda as fêmeas do grupo e assume a liderança na ausência do macho. A sobrevivência da alcatéia depende da sabedoria do casal alfa.

BETA: O macho beta ajuda na manutenção da paz na alcatéia, a ordem do grupo é mantida através de força, rosnados e ranger de dentes. Todos os lobos são responsáveis pelo bem estar dos filhotes, mas é a fêmea beta que exerce o papel oficial de babá.

ÔMEGA: O lobo ômega, que ganha esse nome por ocupar a posição mais baixa na hierarquia, é sempre o último a comer e é tratado como "bode expiatório" da alcatéia (uma válvula de escape para o estresse do grupo).


Os cinzas são dominantes, apenas um cinza pode ocupar a posição de alfa na tribo. Os brancos podem assumir no máximo a posição de beta, normalmente uma fêmea par de um cinza macho. O poder arcano é tolerado quando vindo de um "pelagem branca"; feiticeiros. Já os de pelagem negra ocupam as mais baixas posições, sendo que o lobo ômega sempre é escolhido entre esses indivíduos.

.

Pesquisar: Os Reinos Esquecidos

UDG FR