Diário de Campanha

Dungeons & Dragons - Forgotten Realms 3.5 - São Paulo / SP / Brasil

Aqui está e será publicado todo o meu trabalho como Dungeon Master. A campanha data do início de 2007, onde os seis meses iniciais foram necessários para a criação da estória (história) chamada “Cofre dos Deuses”, composta das crônicas:

“Casa de Prata”; com localização inicial em Lua Argêntea.
“Legiões de Tamoril”; na Cidadela de Tamoril.
“Serpente Branca”; na cidade de Águas Profundas.
“Vingança em Prata”; localizada na cidade de Luskan.

Criei apenas um esboço com fatos importantes, algumas dezenas de Personagens do Mestre e as chaves que poderiam desenvolver a aventura. Tentei tratar as crônicas como estórias relacionadas, porém não lineares, dando aos jogadores a opção de escolher qual delas fazer ou não.

Dungeon Master

23 de abr de 2012

BFC - Big F... Classic



A simples busca por poder muitas vezes é o grande objetivo dos antagonistas em uma história, e quando este vilão é a maldade personificada com um espírito caótico os jogadores podem, em uma visão superficial, achar que falta profundidade neste personagem. Justamente por isso venho lembra-los de um dos vilões mais brutais e carismáticos do cinema, e que absolutamente é a minha fonte de inspiração para um ou dois NPCs em nossa campanha.

O filme é Highlander de 1986, a primorosa trilha sonora por conta do Queen e o personagem é Kurgan, ou Victor Kruger (interpretado por Clancy Brown), membro de um povo bárbaro ancestral que viveu principalmente nas estepes da região hoje denominada Rússia. Não assistiu? Então clique no nome: Highlander HD-PT


Este personagem exemplifica o que mestre deve passar para os seus jogadores quando interpretar seus NPCs, que mesmo uma persona possuindo um objetivo simples, detalhes de seu caráter podem mostrar sua verdadeira grandeza, no caso de Kurgan seu sarcasmo, oportunismo e sadismo.

Repertório do Bardo: Gimme the Prize (Kurgan's Theme)



"... garage and water from the sprinklers
It also left a man's decapitated body, lying on the floor
Next to his own severed head, a head which at this time has
No name"

"I know his name"


Here I am I'm the master of your destiny
I am the one the only one I am the God of kingdom come
Gimme the prize just gimme the prize
Give me your kings let me squeeze then in my hands
Your puny princes
Your so called leaders of your land
I'll eat them whole before I'm done
The battle's fought and the game is won
I am the one the only one
I am the God of kingdom come
Gimme the prize just gimme the prize

"Now you die"

"I have something to say, it's better to burn out than to fade
Away... There can be only one"

Move over I said move over
Hey hey hey clear the way
There's no escape from my authority, didn't I tell you
I am the one the only one I am the God of kingdom come
Gimme the prize just gimme the prize
I am the one the only one
I am the God of kingdom come
Gimme the prize

"There can be only one"

3 de abr de 2012

Repertório do Bardo: Hair of the Dog




Heartbreaker, soulshaker
I've been told about you
Steamroller, midnight stroller
What they've been saying must be true

Red hot mama
Velvet charmer
Time's come to pay your dues


Now you're messin' with a
A son of a bitch
Now you're messin' with a son of a bitch
Now you're messin' with a
A son of a bitch
Now you're messin' with a son of a bitch

Talkin' jivey, poison ivy
You ain't gonna cling to me
Man taker, born faker
I ain't so blind I can see

Red hot mama
Velvet charmer
Time's come to pay your dues


Now you're messin' with a
A son of a bitch
Now you're messin' with a son of a bitch
Now you're messin' with a
A son of a bitch
Now you're messin' with a son of a bitch

Pesquisar: Os Reinos Esquecidos

UDG FR