Diário de Campanha

Dungeons & Dragons - Forgotten Realms 3.5 - São Paulo / SP / Brasil

Aqui está e será publicado todo o meu trabalho como Dungeon Master. A campanha data do início de 2007, onde os seis meses iniciais foram necessários para a criação da estória (história) chamada “Cofre dos Deuses”, composta das crônicas:

“Casa de Prata”; com localização inicial em Lua Argêntea.
“Legiões de Tamoril”; na Cidadela de Tamoril.
“Serpente Branca”; na cidade de Águas Profundas.
“Vingança em Prata”; localizada na cidade de Luskan.

Criei apenas um esboço com fatos importantes, algumas dezenas de Personagens do Mestre e as chaves que poderiam desenvolver a aventura. Tentei tratar as crônicas como estórias relacionadas, porém não lineares, dando aos jogadores a opção de escolher qual delas fazer ou não.

Dungeon Master

28 de mar de 2011

Personagens (Dungeon Master)

.
Prytte "A Raposa"

A pobre órfã Prytte viveu ao lado de Westbright por toda sua infância, eram dois jovens perdidos nas ruas de Águas Profundas. Cometiam pequenos delitos para sobreviver, uma vida dura, porém cheia de momentos felizes que proporcionaram uma ligação profunda entre Claude e a bela menina.

O empresário Aurol Horn I assume a tutela dos jovens no inicio de suas adolescências, o maldoso comerciante transforma Prytte em uma de suas empregadas e Claude em seu principal agente para negócios escusos. Anos depois Westbright desaparece e a vida de Prytte piora, a jovem é oferecida pelo velho Horn para satisfazer os desejos sexuais de um de seus sócios. Com sua inocência despedaçada e não mais suportando tal situação Prytte assassina seu algoz.

Algum tempo depois a filha do homem assassinado, e mulher de Aurol Horn II, aparece diante dos olhos de Prytte, não para vingar a morte e sim para agradecer, dizendo que em breve iria presenteá-la com a mesma liberdade que recebeu da jovem. Pouco tempo depois Aurol Horn I morre misteriosamente, deixando toda a fortuna para seu filho Aurol Horn II e esposa Adeth.

A serpente "Sombra Pálida", a pedido de Adeth, é enviada com objetivo de convocar Prytte para ingressar na organização "As Serpentes". Após algumas missões recebe o apelido de raposa, conhecida como "A Raposa", pelo seu jeito sedutor e ao mesmo tempo meigo, mas que ninguém seja tolo em acreditar que Prytte, A Raposa, não possua frieza suficiente para eliminar seus alvos.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar: Os Reinos Esquecidos

UDG FR